Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

amarporinteiro

Aqui verto todos os sentimentos que sinto por uma mulher única e verdadeira nos seus atos. Esta história pode não ter começado num "era uma vez", mas vai acabar num "foram felizes para sempre"

Aqui verto todos os sentimentos que sinto por uma mulher única e verdadeira nos seus atos. Esta história pode não ter começado num "era uma vez", mas vai acabar num "foram felizes para sempre"

amarporinteiro

10
Abr18

Eras sempre tu...

amarporinteiro

"A coisa mais rara do mundo é encontrar quem já nos pertence. Tropeçar numa metade de nós, em que nunca tínhamos reparado. Descobrir que o que sempre nos faltou afinal vivia ali tão perto de nós. Ou quem sabe, sempre tinha estado dentro de nós. O mais difícil é descobrir ao acaso que essa metade é nossa. Tropeçar nessa realidade e perceber porque é sempre nos sentimos incompletos. 

Quando um dia tropecei em ti. No dia em que me olhei ao espelho e te vi ali ao meu lado. Sim, tu estavas ali a olhar para mim. Tu eras o procurava sem saber e o que encontrei sem procurar. De repente, eu que sempre tinha sido um ser incompleto, sentia-me preenchida pela força que vinha de ti. Tinha deixado de ser a pessoa que nunca se encontro com ela própria. Deixei de me sentir perdida na estrada da vida, só porque tu existia e estavas ali. 

Do nada, no seguimento de mais um passo no caminho vazio, em que somente pisava as pedras frias da calçada, apareceste tu. Essa força magica que me pertencia. A outra parte de mim que andava por ai pelo mundo e já me pertencia, sem que eu o soubesse. 

A coisa mais rara do mundo é olhares para um desconhecido e reconhecer que está ali um sentimento que te pertence. Procurar no olhar de um estranho o que faltava na vida que é tua, e que a partir desse momento, passa a ser também desse outro que a vida fez chegar até ti. Essa a magia que a vida te oferece, sem te dar opções de escolha. Esse outro pertence-te e não precisas de o escolher. 

A coisa mais rara do mundo é sentir o improviso a parecer-te a coisa mais natural da vida. Encontrar a razão da tua existência no mesmo caminho que sempre julgaste não ter saída. É de repente ter luz naquele túnel escuro onde sempre viveste. É perceber que o que é teu e sempre te pertenceu, não estava onde procuravas a felicidade que não se deixava agarrar. Estava, sim, escondido sob a capa da vida, envolve na sombra do destino".

Li este texto e resolvi partilhá-lo aqui. Coloca-o no masculino e pensa que sou eu quem o está a escrever. Tu és a luz que me ilumina, mesmo quando, às vezes, sinto que estou no escuro sem saber para onde vou...

LOVE YOU

 

p000018093.jpg

 

3 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub