Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

amarporinteiro

Aqui verto todos os sentimentos que sinto por uma mulher única e verdadeira nos seus atos. Esta história pode não ter começado num "era uma vez", mas vai acabar num "foram felizes para sempre"

Aqui verto todos os sentimentos que sinto por uma mulher única e verdadeira nos seus atos. Esta história pode não ter começado num "era uma vez", mas vai acabar num "foram felizes para sempre"

amarporinteiro

02
Ago18

Amor regado todos os dias...

amarporinteiro

Ontem disseram-me uma frase que me ficou no ouvido: “o teu amor e a forma como amas é algo raro e só o deves dar a quem realmente merece e a quem te mostre por atos e atitudes que fazes parte da sua vida, que és “prioridade” e não apenas alguém que está ali, sempre que é preciso... Adorei a cumplicidade no vosso olhar e pareceu-me que, sim, é a pessoa certa para ti. Diz-lhe sempre que devem regar o vosso amor todos os dias... lembra-te disso!”
É um facto! Desde jovem que acredito que o amor devia superar todas as adversidades, devia romper todas as barreiras e enfrentar todos os obstáculos. Enfim, acreditava que o amor deveria suportar tudo e vencer todos. Só que isso não pode ser amor. É, de certeza, uma ilusão. Amor é outra coisa e é algo que nós aprendemos todos os dias. Amar é o dia a dia. É o relógio no pulso e contar os segundos para te encontrares com a pessoa que escolheste para partilhar os teus dias. Mas o amor é também é muito maior que isso. 
Não é errado o clichê de dizer que o amor é como um jardim. Precisa ser cuidado para prosperar, florescer e viver em toda a sua plenitude. E para cuidar do nosso jardim precisamos tirar as ervas daninhas, cultivar e regar o seu amor, para que ele possa crescer e prevalecer.
É preciso preservar. Todos os dias, com cuidado, com atenção. A impulsividade é um dos fatores que nos prende aos mínimos detalhes ao invés de vivermos a relação como um todo.
A maior prova de amor é estar ali, lado a lado, todos os dias, enfrentar as alegrias e as tristezas, e reconhecer o erro e o acerto, ter humildade no coração para poder ver o que é melhor para ti e para mim. Tudo o que se fala sobre amor parece repetitivo, mas a verdade é que não há receita para deixar o sentimento fluir. É claro que há um constante crescimento e troca, essencial para que o relacionamento possa desenvolver-se.
Amar não é ter que dar satisfações 24 horas via SMS, redes sociais, ligações ou whatsapp. Amar não é controlar cada passo. Amar não é controle. Amar é descontrole. Amar é livrar-se de todas as amarras que existem e embarcar numa viagem rumo ao desconhecido.
O amor é tão pleno e tão certo, que o coração acalenta ao saber, que no fim do dia, mesmo que não consiga mexer-me com o cansaço, tu dizes-me o quanto me amas e estás lá para segurar a minha mão. E quando não estiveres, está tudo bem também, porque a única coisa que importa é a certeza que carregamos no coração, e isso, ninguém pode tirar.

Amar é troca constante, evolução, reconhecimento de si e do outro. É profundo, é complexo, é um oceano de sentimentos. E por mais complicado que seja, vale a pena. Vale a pena ter um pé ao lado do teu, um abraço para dizer que estou ao teu lado para tudo e uma mão para segurar. O amor em todas as suas formas, vale a pena. Cabe a nós aceitar e viver, em paz, porque todos os dias, o sol volta a levantar-se e nunca é tarde para recomeçar.

LOVE YOU TO THE MOON AND BACK

PS: Com este texto chego às 350 publicações neste cantinho tão especial. Se me perguntares onde vou buscar esta vontade, eu digo que a encontro no meu coração e no sentimento que tenho por ti.

regar-corac3a7c3a3o.jpg

 

8 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub