Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

amarporinteiro

Aqui verto todos os sentimentos que sinto por uma mulher única e verdadeira nos seus atos. Esta história pode não ter começado num "era uma vez", mas vai acabar num "foram felizes para sempre"

Aqui verto todos os sentimentos que sinto por uma mulher única e verdadeira nos seus atos. Esta história pode não ter começado num "era uma vez", mas vai acabar num "foram felizes para sempre"

amarporinteiro

04
Out18

Vida ensina...

amarporinteiro

A vida vai ensinando-nos coisas valiosas, pequenos detalhes que na juventude nos passam despercebidas. Por conta disso, tenho apreciado muito o passar do tempo, quando tudo passa a reticências... Não há mais necessidades de pontos finais, porque só então nós descobrimos a impermanência das coisas.
Tudo se modifica no instante seguinte. A maturidade instala-se em nós, surge uma nova liberdade de ser, o tempo ensina que não há mais necessidade da aprovação dos outros. Se gostarem, tudo bem; se não, foi o melhor que consegui fazer no momento.
De entre as pequenas descobertas que tenho vindo a fazer ao longo desta existência, está a de que pelo menos duas palavras precisam ser abolidas do nosso vocabulário, a bem da saúde emocional de todo e qualquer ser humano: urgente e impossível.
A primeira parece uma palavra inocente, mas provoca uma desordem emocional muito grande. A sua simples menção faz o corpo reagir negativamente – os músculos contraem-se, o coração passa a bombear mais sangue, as artérias dilatam-se, a mente começa a produzir histórias de terror...
E todo esse reboliço para quê? Nada é urgente neste nosso velho mundo, nem a morte... Alguém pode fazer alguma coisa diante de um facto consumado? Morreu, morreu... o que se pode fazer além de aguardar o reencontro num outro plano de existência? E cá para nós, urgente é aquilo que alguém não conseguiu fazer em tempo hábil e quer que você faça. A urgência é sempre do outro, é sempre uma esperteza de alguém.
Impossível é a palavra preferida dos que não acreditam em si mesmos - funciona como uma barreira protectora para a preguiça ou o medo, deixa sempre no ar a impressão de que tudo foi tentado. Não é verdade, só existem os limites reconhecidos pela mente. Tudo pode ser mudado e transformado em possível.
É da lei da vida: os pensamentos e sentimentos, dependendo da sua qualidade e intensidade, criam um campo energético que vibra numa determinada frequência, atraindo energias e vibrações semelhantes. Se estamos focados no desânimo, no medo, na falta de sorte, iremos atrair acontecimentos que vibram na mesma energia desses sentimentos. Por outro lado, se procuramos manter a alegria, a confiança, o optimismo e a gratidão pelo que já temos de bom, iremos atrair uma realidade que vibra nessa mesma frequência.
A vida na terra é breve... Ela existe para ser saboreada... Abandonemos toda a pressa e nem detenhamos o nosso caminhar por causa do impossível... Ele não existe. Ama para ser amado! Tenha sempre uma palavra doce para oferecer a alguém... É desta forma que nos tornamos inesquecíveis.
É o tempo que dedicamos a uma pessoa que faz de nós seres humanos de primeira classe. É o amor que oferecemos a todos os seres vivos que nos aproxima de Deus...
Estes meses do ano serviram para encontrar-me comigo mesmo, para encontrar a paz interior que andava fugida de mim há tanto tempo. Perdi tempo demais com pessoas que nunca quiseram ser encontradas e, acima de tudo, nunca quiseram ser felizes com o que de bom tinham na vida.
E, às vezes, é bom voltar ao ponto de partida. Como alguém me disse há uns dias, “Deus volta a colocar no sítio tudo o que não estava no lugar”. É assim que me sinto, no meu lugar, a tentar ser feliz todos os dias, a amar todos os dias, a ser amado e acarinhado todos os dias sem estar a pedir para o ser. Porque quem pede, não tem! E, felizmente, agora não preciso de pedir!

LOVE YOU TO THE MOON AND BACK

BMurhhfCMAAcHS7.jpg

 

4 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub